Precisamos mesmo de Suplementos?

Suplementos

Hoje farei o primeiro post de um tema que é bastante controverso para os que buscam uma vida mais saudável e próxima do natural: Suplementação Alimentar.

Muitos acreditam que por se alimentarem bem estão seguros e obtendo todos os nutrientes que precisam para manter a saúde. Mas isso, na maioria dos casos, infelizmente não é verdade.

Acredito sem dúvidas que a melhor forma de obter os nutrientes que precisamos é naturalmente, através de uma alimentação saudável e hábitos saudáveis. Mas precisamos ser realistas e considerar todas as mudanças que fizemos no meio em que vivemos e na maneira que levamos nossas vidas.

Sei que não é um assunto preto no branco mas devemos tentar entender melhor a realidade em que vivemos para podermos analisar com mais cuidado a necessidade ou não de tais suplementos.

Reducionismo

– REDUCIONISMO E AS INTERAÇÕES

A suplementação é um assunto extremamente pesquisado e estudado nos dias de hoje, além de um mercado que movimenta grandes volumes de dinheiro.

O pensamento reducionista muitas vezes faz com que a gente perca uma visão mais abrangente e holística do nosso organismo e passemos a enxergá-lo em partes, subdividido, independente. E com isso achamos que determinada sustância ou nutriente agirá sempre dessa ou daquela maneira, nesse ou naquele órgão, etc.

É essa forma rígida de pensamento que faz com que a industria farmacêutica e medicina atual tenham enorme aceitação em detrimento de muitas outras formas mais eficazes e efetivas de se tratar um sistema complexo e realmente curá-lo de doenças crônicas. Achamos que um remédio que tomamos agirá exatamente num local sem interferir no funcionamento do restante nosso organismo e isso é um enorme erro, que faz com que a maior parte dos tratamentos oficiais para doenças crônicas e degenerativas (a esmagadora maioria das doenças atuais) atualmente façam mais mal do que bem. E nunca nos cure de nenhum problema que temos.

Os nutrientes de que precisamos para viver têm relações de sinergia e interação com várias outras substâncias, enzimas e minerais para serem eficientemente absorvidos e potencializarem reações químicas.

Quando tomamos suplementos, mesmo que de excelente qualidade, essas substâncias estão normalmente isoladas e por isso não têm o mesmo potencial do que quando presentes nos alimentos, onde as interações fazem com que nosso corpo os absorva e os processe com muito mais eficiência.

É fundamental entender que os nutrientes que obtemos com alimentação ou suplementação agem em conjunto, e suas interações são mais complexas do que imaginamos. Isso fará com que não olhemos para tais substâncias isoladas como se fossem por si só nos trazer saúde. Mas sem dúvida o uso equilibrado e inteligente dessas substâncias pode nos ajudar muito na prevenção e cura de muitas condições.Comida x Suplementos

– AFINAL PRECISAMOS OU NÃO DOS SUPLEMENTOS?

Na minha opinião a resposta é: Não e sim!

Não, pois a natureza colocou a nossa disposição uma enorme variedade de nutrientes e meios de os obtermos tudo o que precisamos para sobreviver com plena saúde e harmonia. Assim como os outros animais, temos a nossa disposição os alimentos que precisamos para vivermos bem e saudáveis, de acordo com o que nossos corpos demandam.

O problema é que pouco a pouco e principalmente no último século, estamos destruindo esse equilíbrio e acabando com as nossas próprias possibilidades de vivermos em harmonia com o meio que nos cerca. Sem falar nas mudanças (muitas negativas) em nossos hábitos que nos desconectam dessa Natureza que tudo nos provém dá suporte para a vida. Com isso, ao invés de irmos nas causas e sanarmos os problemas que criamos, cada vez mais achamos que precisamos criar soluções para podermos viver bem com as loucuras, sociais, econômicas e culturais que criamos, como se não tivéssemos tudo que precisamos a nossa disposição desde que agíssemos com um certo nível de conexão e respeito a essa natureza.

Por isso, Sim! Nos dias atuais, acredito que a grande maioria das pessoas, mesmo aquelas que têm uma vida mais harmoniosa no que diz respeito a alimentação, exercícios físicos, equilíbrio mental e espiritual, deveriam utilizar  alguns tipos de suplementos. Sem dúvida as necessidades são extremamente individuais e podem ser momentâneas em alguns casos mas não é difícil saber que a maioria de nós não consegue obter nos nossos dia-a-dia. E isso estou falando das pessoas que vivem em equilíbrio, têm relativa saúde e se sentem bem.

Quanto aos que estão doentes ou já com alguma deficiência, sem dúvida a suplementação é algo necessário e eficaz no caminho da cura. O adoecimento crônico dos dias atuais nos coloca de tal forma deficientes em nutrientes que a alimentação por si só não chega nem perto de dar o suporte que nosso corpo precisa para se regenerar. Muitas vezes são necessárias grandes doses de suplementos de grande qualidade para o corpo recuperar seus reservatórios de vitaminas e minerais, para aí então começar o processo de regeneração.

Qualidade

– QUALIDADE DOS SUPLEMENTOS

Muitos suplementos hoje em dia, são produzidos artificialmente, criando novas substâncias, diferentes das que estão presentes nos alimentos de verdade. Evite-as sempre! Busque sempre que for suplementar, marcas e produtos que utilizam substâncias naturais, como são encontrados na natureza. Muitos suplementos sintéticos não só não cumprem o prometido como nos colocam em grandes riscos[1].

Outro ponto que é muito importante quando pensamos na suplementação é saber que o mercado de suplementos foca em lucros. É verdade que muitas marcas fazem isso prezando acima de tudo pela qualidade dos produtos. Mas grande parte das empresas simplesmente não! E isso faz com que muita gente corra um grande risco, colocando diariamente em no seu organismo, varias substâncias que não só não ajudam como criam riscos a nossa saúde. Muitas vezes levando pessoas ao adoecimento grave.

É por isso que tomar suplementos não é simples como ir numa loja de produtos naturais, comprar e tomar porque ouvimos na TV que tal substância faz bem a saúde. Até mesmo muitos médicos e nutricionistas desconhecem os riscos ou ineficácia de determinadas suplementações.

O mercado de suplementos é forte e a desinformação é gigantesca. Quase a metade dos americanos utilizam diariamente algum tipo de multi-vitamínico. Esses suplementos, são na maioria das vezes fabricados com ingredientes sintéticos e baratos. A maioria dos estudos[2] com esses produtos mostram que os mesmos  não são eficientes e que podem fazer mais mal do que bem ao nosso corpo. Esses produtos normalmente não possuem a quantidade ou proporção adequada de importantes nutrientes como por exemplo vitamina D e Magnésio, além de conter excesso de nutrientes com potencial tóxico como Cálcio, Vitamina E e Ferro, por exemplo.

Hoje em dia existe muito mais gente criando problemas por causa da suplementação errada e exagerada de cálcio do que evitando osteoporose. Os EUA é o país que mais utiliza suplementos de cálcio no planeta e no entanto é o que possui um dos maiores índices de osteoporose. Além disso vários estudos, entre eles esse [3] de 2010 mostra que a eficácia da suplementação de cálcio é muito inferior, quando não inexistente, comparado ao consumo do mineral de fontes alimentares.

Precisamos de informações verdadeiras e sem interesses econômicos sobre a suplementação para evitar os grandes erros por causa do mal uso desses produtos.

NUTRIENTES

– DOENÇA É UM ESTADO DE CARÊNCIA DE NUTRIENTES E EXCESSO DE TOXINAS

A doença sempre aparece quando nosso corpo não consegue responder harmoniosamente a algum estímulo do meio externo, e quanto mais deficientes de nutrientes e cheios de toxinas estivermos, mais rígidos e desequilibrados estarão nosso sistema.

O déficit de nutrientes vitais não aparece da noite para o dia. Levamos as vezes anos para nosso corpo manifestar algum sintoma de carência de vitaminas e minerais. E da mesma foram, mais alguns anos para repor esses estoques. Por isso, cuide-se.

Fico triste de ver tanta ignorância de pessoas que estão completamente iludidas pelo que a mídia fala sem sequer parar para pensar no assunto. Muitos dizem que podem continuar abusando a vontade pois seus corpos são fortes e não sentem nada. Que podem beber a vontade, consumir açúcar a vontade e comer muitas vezes por mês em fast-foods.

É verdade, muitos não vão sentir nada por muitos anos, mas sem a menor sombra de dúvidas estão deteriorando seus organismos e muitas vezes quando sentem algo, já estão com algum problema há muito tempo, num estado muitas vezes difícil de ser tratado.

Quantas pessoas vejo com níveis de glicose no sangue bem altos, mas por não estarem dentro da faixa do que é considerado diabetes, dizem que está tudo ok.  O triste é que muitos realmente acreditam nisso. E muitos médicos ainda apoiam dizendo que os níveis estão um pouco alto mas que tudo bem. Em pouco tempo, senão mudam seus hábitos, essas pessoas inevitavelmente acabam desenvolvendo Diabetes Tipo 2 e aí entram as bombas de medicamentos terríveis e cheios de efeitos colaterais para o resto da vida. E para os que querem realmente se curar e buscam ajuda fora da medicina oficial precisam ter muito mais disciplina para reverter a doença.

O que precisamos entender aqui é que não é porque não estamos sentindo nada ou porque estamos nos sentindo bem que podemos continuar abusando do nosso corpo. Muitas das deficiências de vitaminas e minerais essenciais ao nosso corpo não aparecem até a situação já estar complicada. E o tempo para voltarmos a ter saúde é longo e o caminho é árduo e complicado.

Yoga

– MOTIVOS PARA SUPLEMENTAÇÃO

O principal motivo que nos faz precisar suplementar é nossa desconexão com a natureza e com uma melhor forma de viver em sociedade. Infelizmente ainda não atingimos esse ideal! Destruímos nossos solos, utilizamos absurdas quantidades de agrotóxicos com fins econômicos, dormimos pouco, trabalhamos demais, nos alimentamos pessimamente, criamos uma industria alimentícia e química criminosa e assim vamos mudando nosso habitat e nossas necessidades. E por causa disso, muitos nutrientes não são fáceis de conseguirmos nos dias atuais. Nossa saúde vem sendo prejudicada por nossa ganância e ignorância como sociedade e indivíduo.

Alguns problemas que fazem com que a suplementação seja muitas vezes necessária:

– Perda da qualidade e diversidade dos nossos solos, fruto de contaminação e mono-cultivos que infertilizam os solos etc

– Quantidade de tempo que passamos longe da luz do sol, trabalhando em ambientes fechados

– Menor contato com natureza

– Pouco tempo e má qualidade do sono

– Estresse crônico e ansiedade

– Uso indiscriminado e absurdo de antibiótico e medicamentos alopáticos

– Péssimos hábitos alimentares, com falta de nutrientes e excesso de toxinas

– Impossibilidade de acesso a alimentos nutricionalmente ricos e densos

– Grande exposição a toxinas químicas, como produtos de limpeza, maquiagem, desodorantes etc

COD LIVER OIL

– ALGUNS SUPLEMENTOS SÃO MAIS IMPORTANTES?

Todos os nutrientes são necessários em quantidades e balanço diferentes para que nosso organismo funcione em harmonia, mas alguns são mais difíceis de conseguirmos em nosso dia-a-dia. E a falta de alguns simples elementos podem bloquear todo o sistema e ser muito prejudicial a longo prazo.

Alguns dos nutrientes mais difíceis de conseguirmos no dia-a-dia são Vitamina D, Vitamina A, Magnésio, Ácidos Graxos Omega 3, Probióticos.

Poderíamos diminuir muito a necessidade de suplementos se aumentássemos o tempo que passamos no Sol, a quantidade de carne de órgãos, peixes, vegetais fermentados, sal marinho, boas gorduras e ovos que consumimos, além de evitarmos os industrializados, antibióticos, produtos químicos, açúcares etc.

Mas infelizmente tais práticas foram perdidas em nossa cultura e muitas delas são vistas como perigosas, como é o exemplo da exposição ao Sol sem protetor solar, gorduras saturadas, ovos.

– SUPLEMENTOS SÃO PARA TODOS?

Acho que a maioria das pessoas deveria fazer uso de alguns suplementos de qualidade por determinados períodos de tempo a fim de reequilibrar o organismo visto que a maioria sofre de algum tipo de deficiência pelos vários motivos falados acima. Mas uns mais do que outros devem olhar com muita atenção para a suplementação e seus hábitos alimentares. Entre eles:

– Idosos

– Grávidas

– Pessoas com doenças crônicas e degenerativas

– Pessoas com doenças auto-imunes

– Pessoas com problemas digestivos

– Mulheres que pretendem engravidar num período de 6 meses a 1 ano

– Vegetarianos, principalmente Veganos

– RESUMINDO

1) Se você está interessado em melhorar sua saúde e obter nutrientes naturalmente, sempre que puder, busque-os em alimentos naturais e não de suplementos.

2) No caso de não conseguir tais nutrientes através da alimentação considere seriamente a suplementação adequada com produtos de qualidade e na forma que estão presentes na natureza.

3) Fuja sempre que possível dos complexos vitamínicos pois a maioria, além de  não ser eficaz, possui proporções desequilibradas e inadequadas, além de sua composição possuir os ingredientes mais baratos e de pior qualidade, fazendo com que façamos mais mal do que bem ao nosso organismo. Há exceções, mas raras.

4) Pesquise, leia, se informe. Filtre muito do que você lê pelos jornais e revistas pois grande parte das informações são no mínimo mitos e mentiras, quando não criminosas. (Farei um post em breve sobre como pessoas que não são da área da saúde podem buscar informações de credibilidade)

5) Suplementos não adiantarão de nada se o principal você não fizer: Mudar seus hábitos e alimentação para melhor. Eles são um suporte excelente e necessários em muitos casos mas não fazem nenhum milagre. Então pensar que terá saúde tomando capsulas de vitaminas, mesmo as de excelente qualidade,  e continuar consumindo carboidratos refinados, açúcar e alimentos industrializados é pura ilusão, e dessa forma estará jogando seu dinheiro no lixo.

Mais para frente falarei sobre quais as melhores formas de consumir os principais nutrientes de que precisamos.

Um grande abraço a todos.

REFERENCIAS

[1] http://jama.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=205797

[2] http://archinte.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=414784

[3] http://ajcn.nutrition.org/content/85/5/1428.abstract

Anúncios

13 Respostas para “Precisamos mesmo de Suplementos?

  1. Excelente post!! Rodrigo tenho uma duvida sobre um suplemento chaamdo lipo-6, Tenho 18 anos, 1,75 de altura e estou bem acima do peso (aprox. 98 kg)… Em breve irei começar a fazer academia, seguir uma dieta dada por uma nutricionista, e ai vem minha dúvida… Devo ou nao tomar o Lipo-6? Existem varias edições deles, qual seria o mais recomendado pra mim?

    • Oi Wesley! Tudo bem?
      Olha, acho que você deveria verificar com sua nutricionista. O que posso dizer é que se estivesse em seu lugar, tentaria reajustar o metabolismo com a alimentação e exercícios. Mas caso ela lhe avalie e recomende o uso, siga suas recomendações.
      Realmente nesse ponto não posso ajudar muito, pois além de não conhecer esse termogênico, não posso lhe recomendar o uso.
      Grande abraço!

    • Oi Pedro, tudo bem?
      Não digo que sigo dietas. E por isso não coloquei nenhuma dessas denominações no site.
      Acho que as vezes fecham um pouco nossa mente.
      Mas sem dúvida se fosse falar de algo que é bem parecido com o que acredito seria a Weston Price. A Paleo também acho ótima, principalmente em alguns casos e condições.
      Mas a WAPF fala muito do que acredito ser excelente para nossa saúde.
      Alias o livro dele é maravilhoso, caso não tenha lido, recomendo muito.
      Grande abraço!

  2. Bom Dia.

    Rodrigo Leite.

    Muito interessante a matéria, esclareceu algumas dúvidas minhas referente a suplementação.
    Sou estudante de Nutrição, muitas pessoas praticantes de atividades física, me questiona referente ao uso de suplementos.Confesso que para esse público se não tem uma atividade extensa/ou por exemplo um atletas, não vejo a necessidade de fazer uso de suplementos. Pois conseguimos atingir nossa necessidade diária via alimentação balanceada/e fracionada.
    Muitos profissionais, prescreve suplementos, sem ao menos solicitar um exame para saber o funcionamento dos rins e fígado “Acho isso um absurdo”.
    E bem difícil falar sobre esse assunto, tenho muitas duvidas, e não sei exatamente se sou contra ou a favor do uso de suplementos, temos que analisar caso a caso, pois e muito individual.

    Um abraço

    Michelle Lima.

    • Oi Michelle, tudo bom?
      Sem dúvida concordo com você de que é algo muito individual e que deve ser feito por um profissional competente.
      Quanto a precisar ou não de suplementos, acredito que pra grande parte das pessoas, apenas mudando hábitos alimentares já se consegue boa parte dos nutrientes necessários. Porém não podemos esquecer do déficit mineral de nossos solos, da alimentação que os animais recebem e das carências graves em muitos nutrientes que grande parte da população possui.
      Por isso acredito que a suplementação em muitos casos seja não só aconselhável mas fundamental para uma melhora de casos crônicos.
      Por outro lado o assunto é complexo e bastante questionável mesmo. E nisso entram principalmente os exames de sangue, usados como base para as prescrições. Enfim, talvez um assunto controverso e uma opção para um post futuro.
      Seja bem vinda!
      Um abraço!

Participe! Dê sua opinião! =]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s